21/05/2019

Notícia/Lavras

UFLA dá boas-vindas a estudantes estrangeiros

Foto: UFLA

Nessa terça-feira (12/3), a Universidade Federal de Lavras (UFLA) recebeu seus novos estudantes estrangeiros. São 13 ingressantes na graduação e 18 nos programas de pós-graduação no primeiro semestre de 2019, vindos dos países Bélgica, Bolívia, Colômbia, Estados Unidos, França, Guiné-Bissau, Haiti, Honduras, México, Moçambique, Peru e Venezuela.  

No período da manhã, os estudantes participaram da cerimônia de recepção junto ao reitor e pró-reitores, e puderam esclarecer dúvidas junto à Diretoria de Relações Internacionais (DRI). À tarde, fizeram um tour para conhecer o câmpus universitário.

O diretor de Relações Internacionais da UFLA, professor Antônio Chalfun Júnior, recepcionou o grupo e demonstrou o acolhimento oferecido pela Universidade. “A UFLA é a casa de vocês a partir de agora. Vocês hoje são nossos estudantes, como todos os outros, e sempre serão. É o primeiro dia, que marca uma preparação feita ao longo de muitos meses antes de chegarem aqui. A DRI estará à disposição para ajudá-los sempre que precisarem”, reforçou.

Ao dar as boas-vindas, o reitor professor José Roberto Scolforo apontou a escolha assertiva que os estudantes fizeram pelo intercâmbio na UFLA. “Somos uma das melhores universidades do Brasil e da América Latina, reconhecidos internacionalmente. Queremos que, aqui, vocês conquistem seus objetivos e saiam muito orgulhosos, ajudando a difundir o nome UFLA pelo planeta”, ressaltou.

Foram também apresentadas as atividades desenvolvidas pelas pró-reitorias e os serviços oferecidos aos estudantes, desde atendimentos de saúde até programas de apoio a publicações científicas.

Intercâmbio de experiências

O pró-reitor de Extensão e Cultura, professor João José Granate de Sá e Melo Marques, aproveitou a oportunidade para compartilhar sua experiência como estudante estrangeiro há 30 anos, vindo do Moçambique. “Espero que vocês possam ter a mesma relação que tive com essa cidade e com essa universidade. A UFLA me recebeu muito bem! Mesmo sendo estrangeiro, estudei aqui gratuitamente. Morava no alojamento estudantil, comia no Restaurante Universitário e estudava muito. Quanto mais estudava, mais oportunidades a UFLA me dava. Só tenho a agradecer a essa universidade”, contou o pró-reitor, que construiu família em Lavras e hoje é professor no Departamento de Ciência do Solo (DCS).

A peruana Leantra Yesenia veio da Universidad Nacional del Centro del Perú para cursar disciplinas no curso de Engenharia Ambiental e Sanitária. “Escolhi estudar na UFLA porque é referência mundial na área de meio ambiente. Estou muito animada para começar as aulas e conhecer os estudantes e professores”, disse a aluna, que contou com o apoio da estudante de Pedagogia Raphaela Mendonça, atuante no programa de acolhimento aos estrangeiros “Brother UFLA”, para encontrar uma moradia e fazer os documentos necessários.

Veja também