20/04/2019

Notícia/Região

Número de mortes com motociclistas dobra em relação a 2018 no Sul de Minas

O número de motociclistas que morreram em acidentes de trânsito no Sul de Minas de janeiro até agora mais do que dobrou em relação ao mesmo período do ano passado. 

De janeiro até agora, pelo menos 19 motociclistas morreram em acidentes na região. Neste mesmo período do ano passado, oito motociclistas tinham perdido a vida em acidentes na região. A variação é de 137%.

"O maior motivo ainda é a imprudência. Em torno de 1/3 das mortes no trânsito é envolvendo motocicleta, mas envolve outros veículos também né, por isso que o motociclista precisa sempre estar atento. Os outros condutores também podem errar e no caso de um erro do outro condutor, quem vai pagar é o motociclista, pela falta de segurança que ele tem", disse o sargento da Polícia Militar, Luiz Fernando do Nascimento.

Número de mortes com motociclistas aumenta em relação a 2018 no Sul de Minas — Foto: Reprodução EPTV

Número de mortes com motociclistas aumenta em relação a 2018 no Sul de Minas — Foto: Reprodução EPTV

Somente nos últimos quatro dias, 13 pessoas perderam a vida em acidentes de trânsito no Sul de Minas. Sete vítimas eram motociclistas ou passageiros de motos.

"Nós tentamos de forma defensiva, prudente, e assim por diante para não ter certos acontecimentos, porque querendo ou não, nós estamos em cima de duas rodas. O respeito, a princípio, é a base de tudo", disse o comerciante Edson Ferreira.

Especialistas alertam para os cuidados para que os motociclistas precisam ter no trânsito.

"A viseira levantada pode causar de um simples inseto que entre e bata na visão do motociclista, causar um acidente gravíssimo", disse a instrutora Cristiane Gomes.

Veja também