21/05/2019

Notícia/Lavras

UFLA marca presença em evento internacional pelo Comércio Justo, confira!

Foto: UFLA

Nos dias 24/4 e 25/5, a convite da cooperativa Ideas Comercio Justo, a Universidade Federal de Lavras (UFLA) marcou presença na VI Jornada de Comércio Justo, Consumo Responsável e Economia Social, ocorrida na Universidade de Sevilha, Espanha. O evento, cujo representante institucional foi o coordenador de Incubadora e Parque Tecnológico (Inbatec/UFLA), professor Paulo Henrique Leme, teve como marco a campanha “Universidades pelo Comércio Justo e pelos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável”. A intenção foi promover um espaço de intercâmbio de experiências e ideias entre universidades espanholas e latinoamericanas relacionadas às práticas do Fairtrade, incluindo a comercialização de café. 

Leme participou da mesa temática “Universidades Latinoamericanas pelo Comércio Justo: tecendo mudanças. Experiências em políticas e ações a favor do consumo e da produção sustentável”. Na oportunidade, o docente apresentou o que está sendo realizado na UFLA em relação à temática proposta. “Destaquei o acordo de cooperação que será firmado junto à Associação das Organizações de Produtores Fairtrade do Brasil (BRFAIR) para que sejamos a primeira universidade de Comércio Justo do Brasil”, declarou.   “De forma específica, enfatizamos os projetos de pesquisa e extensão ligados aos produtores de café de Comércio Justo desenvolvidos no âmbito da UFLA e da Agência de Inovação do Café (InovaCafé). Também apresentamos os projetos da CafEsal, como a Semana Pelo Comércio Justo, quando os cafés de produtores Fairtrade são oferecidos na cafeteria, e a participação da mesma na Semana Internacional do Café, apoiando a BRFAIR na organização de seu estande com a participação de nossos alunos baristas”, relatou.  

A matéria continua após a publicidade:

Já nos dias 26/4 e 27/4, o professor Paulo Henrique Leme realizou visita à Universidade de Córdoba para conhecer mais a fundo os trabalhos de apoio ao Comércio Justo na Espanha, além de buscar novas parcerias internacionais no âmbito acadêmico. Córdoba também é uma cidade pelo Comércio Justo, importante movimento internacional. Os representantes das Universidades latinoamericanas ainda puderam visitar a loja da cooperativa Ideas Comercio Justo. “Nosso objetivo foi estreitar os laços com as universidades e entidades daquele país, conhecer iniciativas bem-sucedidas e estudar a possibilidade de implementá-las na UFLA”, completou.  

Como próximos passos para que a UFLA se torne a primeira Universidade do Brasil pelo Comércio Justo, estão previstas a assinatura do Acordo de Cooperação entre UFLA e BRFAIR ainda em 2019, a implementação do Comitê Gestor das atividades pelo Comércio Justo e a realização de novas atividades envolvendo a comunidade acadêmica e os produtores.   O Comércio Justo contribui para o desenvolvimento sustentável ao proporcionar melhores condições de troca e a garantia dos direitos para produtores e trabalhadores à margem do mercado. Trata-se de uma parceria comercial, baseada no diálogo, na transparência e no respeito, visando maior equidade no comércio internacional.

Veja também